Mais um escândalo em São Paulo

Quando João Doria assumiu a Prefeitura de SP em 2017, decidiu vender o Anhembi, o maior espaço para eventos da América Latina. A Câmara Municipal aprovou a venda por 1,5 bilhões de reais. Não conseguindo vender por este preço, baixaram para 1,2 bilhões, mas não adiantou, ninguém se interessou. Agora, final de mandato e véspera de eleição, Bruno Covas, anunciou  a concessão por 30 anos, com lance inicial mínimo de 53 milhões de reais, 3,53% do valor que pretendiam vender. A abertura dos envelopes será dia 6 de novembro. O absurdo é que o projeto ficou parado quatro anos sem ninguém fazer nada, e agora os cofres públicos podem perder 96,47% do valor inicial. Dinheiro público saindo pelo ralo de novo. Não tem explicação convincente, prefeito.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: