As viúvas de Bolsonaro e a vitória dos intocáveis

A indicação do novo ministro STF foi uma frustração total para os devotados seguidores do mito. Cegos de paixão, foram traídos os evangélicos, os blogueiros de direita, apoiadores de primeira hora, todos sobrepujados pelo Centrão, Toffoli e Gilmar Mendes. Os fiéis cordeiros despertaram para uma realidade: as palavras de Bolsonaro e risco na água são iguais. Dor maior sente o crédulo PGR Augusto Aras que trabalhou com visível despudor jurídico para proteger Bolsonaro, família, seus amigos e ainda desmontar a Lava Jato acreditando na sua indicação para o STF. Dizem que dor de traição passa. De tudo uma certeza, se aprovado no Senado a indicação do novo ministro do STF o placar a favor da manutenção dos privilégios do indecoroso establishment será de início 4 x 0 em qualquer julgamento dos intocáveis no STF.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: