Na mosca: Gilmar Mendes livra 23 advogados que participaram da corrupção do Sistema S

Este blog antecipou que o ministro do STF, Gilmar Mendes, suspendeu a ação, justamente no último sábado, contra 23 advogados que roubaram mais de 150 milhões de reais do Sistema S na Fecomércio do Rio, segundo delação premiada. Além do mais, proibiu o juiz Federal Marcelo Bretas de prosseguir na questão até que o pleno do STF se pronuncie. Ocorre que o Ministério Público Federal pediu o afastamento de Gilmar Mendes do caso porque ele tem parentes envolvidos no episódio. É lamentável que Gilmar Mendes queira proteger o filho do presidente do STJ, bem como o filho de um integrante do TCU, Aroldo Cedraz. Nesse episódio, o mais grave é que o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil também recebeu dinheiro da corrupção. É uma vergonha nacional. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: