Deu Covid na cabeça

Todos os segmentos de produção financeira do país – legais ou não – tiveram baques em suas estruturas. Até o centenário hábito de “fazer uma fezinha” no jogo do bicho foi afetado. Em capitais, como Salvador, onde a contravenção mais querida do brasileiro corre solta, o temor da pandemia encolheu as apostas em suas bancas de jogos nas esquinas. O vírus da Covid-19 quase abateu, de vez, os bichos, os bicheiros, e as autoridades envolvidas. Uma aposta mais do que zebra.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: