Prova de fogo (III)

Em 2022 teremos eleições para um terço do Senado e os casos de Kássio Marques e Chico Rodrigues serão emblemáticos para a campanha dos senadores candidatos à reeleição em função de seus votos nos dois casos. Eles serão avaliados pelos eleitores pelo seu alinhamento ou discordância aos padrões antiéticos de fazer política como corporativismo, quebra de decoro, corrupção hedionda de recursos do combate a pandemia. Os candidatos devem ficar atentos também para o risco de rejeição de sua imagem como apoiadores de Bolsonaro, do Centrão e do fim da Lava Jato.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: