Em seis anos a Lava Jato analisou 12 trilhões de reais em contratos

Em dez anos, de 2004 a 2014, a Petrobras teve um esquema de corrupção jamais visto no país. Este é o mais novo dado que o Ministério Público Federal e a Polícia Federal estão revelando e esperam que em 2022 possam promover novas prisões, já que confiam que o STF julgará os processos que estão paralisados em razão de decisões monocráticas de Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio. As decisões revelam que este blog tem se antecipado às operações. Ontem, por exemplo, foi no Rio de Janeiro, determinada pela 13ª vara de Curitiba e, a qualquer momento, Recife e Salvador podem ter surpresas. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: