Poderosas Tvs calam os debates

Os debates eleitorais entre candidatos às prefeituras que deveriam ser realizados nas principais emissoras de TV – Globo, Record e SBT – continuam cancelados. Não adiantou, até agora, a revolta e o choro das coordenações das candidaturas de partidos menores, pela perda do espaço nos veículos de comunicação de massa. Os eleitores só continuarão assistindo as rápidas mensagens publicitárias dos candidatos. Em algumas praças como São Paulo e Bahia, registram-se denúncias sobre interesses convergentes entre candidatos bem colocados nas pesquisas eleitorais e diretores comerciais das televisões. Uma coisa é certa: por serem concessionárias de serviço público de comunicação deveriam ser obrigadas a veicular os debates. A lei seria cumprida e a democracia sairia eleita.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: