Quem decide é as redes sociais

Bolsonaro ainda não se manifestou em relação à proposta do deputado Ricardo Barros de convocar um plebiscito para avaliar uma assembleia constituinte. O deputado, líder do governo Bolsonaro na Câmara, sofreu críticas pesadas pela proposta, tratada como um golpe do Centrão. O silêncio de Bolsonaro se deve a não manifestação no Twitter do seu mais novo esclarecido conselheiro, um garoto de 17 anos. Esse jovem criticou a compra da vacina chinesa e imediatamente foi acatado por Bolsonaro que indeferiu no Twitter a compra e fez descer goela abaixo decisão do general ministro da saúde que já havia assumido compromisso de compra. Aconselha quem pode, Bolsonaro delibera sem pensar e obedece quem tem juízo e apreço pelo cargo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: