Até que enfim o chefe Gal de Exército Edson Pujol enquadra o “capitão” Bolsonaro

Foi ontem, por duas vezes, que o chefe do Exército general Edson Pujol enquadrou o “capitão” Jair Bolsonaro, que através de bravatas ameaça a tudo e a todos, afirmando que vai chamar o Exército. Este fato não é novo no Brasil. Durante o governo do ex-presidente Figueiredo sempre que tinha problemas ele afirmava “eu vou chamar o Walter Pires”, que era então o ministro da guerra e chefe do Exército. Figueiredo saiu pela porta do fundo e o general Walter Pires foi para a reserva num ostracismo incrível. O fato de agora, nas duas solenidades, o chefe do Exército tinha ao seu lado o chefe da Marinha e o chefe da Força Aérea Nacional. Belo ponto para os militares, não é “capita”?

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: