Unidas e poderosas

Em Salvador, cidade com maior presença de negros fora do continente africano, vale destacar nas urnas de domingo, a vitória da primeira candidatura coletiva intitulada “Lainas Pretas por Salvador”, do PSOL, reunindo três mulheres negras de religião de matriz africana. O gabinete e a gestão parlamentar serão em grupo, com ênfase em temas ancestrais e valores afro-brasileiros, muito mais importantes para as co-vereadoras Laina-Cleide-Gleide do que agendas políticas. Todos estarão de olho na experiência. Se der certo, um grande caminho estará aberto na capital baiana com cerca de 80% de negros em sua população atual.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: