Sinal vermelho: ministro Barroso só faltou colocar o nome “bolsonaristas”

Ao afirmar que “milícias digitais” tentam desestabilizar a democracia no Brasil, o presidente do TSE, ministro Luiz Barroso, só faltou acrescentar a palavra “bolsonaristas”. Por isso ele acionou imediatamente a Polícia Federal, já que o TSE tem convicções de que admiradores e adeptos, e até mesmo familiares do presidente Jair Bolsonaro desejavam desacreditar as eleições brasileiras como, aliás, o amigo dele, Donald Trump, tenta fazer com as eleições norte-americanas. Este episódio pode complicar ainda mais a vida do atual presidente da República do Brasil com envolvimento de dois dos seus três filhos. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: