Eleições ditam um novo perfil político (I)

Além da sinalização majoritária dos eleitores quanto a sua propensão de centro-moderado, os resultados das eleições indicaram também novos padrões e expectativas pretendidas dos seus políticos. Vamos tomar como exemplo Alexandre Kalil do PSD eleito prefeito de BH com mais de 62% votos. Não se trata de um político da escola tradicional, ele é afeito a arranjos e socialização eleitoreira, sua franqueza chega às raias da descortesia, é extremamente pragmático, obcecado por resultados, e ainda ligado a um partido cuja principal liderança carrega processos que se arrastam na justiça. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: