Maradona foi único

Politizado, irreverente, culto, independente e sobretudo craque. A bola o amava e ele a ela. Ontem a sua morte aos 60 anos de idade foi noticiada em todo o mundo. Diego Armando Maradona, para muitos o melhor jogador do mundo, ao partir deixa claro que a sua presença na terra foi única. O mundo perdeu para muitos o melhor craque de todos os tempos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: