Sim, não, talvez… quem sabe

Vive o ainda prefeito de Salvador, ACM Neto, um processo dicotômico com relação à pandemia e à folia. Ontem, mais uma vez, divulgou seu temor com o recrudescimento da COVID-19 ocupando, celeremente, os leitos públicos e privados da capital baiana. Mas, Neto não pensa em restrições na capital baiana… com praias abertas, e anunciando ampliações de horários de shoppings, dentre outras flexibilizações. E já separou o cachê milionário (R$1,5 mi) para cantor pop não-baiano fazer a festa da passagem de ano transmitida a partir do Forte de São Marcelo e que será assistida por felizardos donos de iates e lanchas ancorados na Baía de Todos os Santos na noite do dia 31. Hoje, inclusive, o alcaide continua tratando do assunto carnaval em coletiva de imprensa. Em tempo: assunto que deveria ser tratado pelo sucessor Bruno Reis, que nada fala…
Dicotomia significa divisão de duas partes. É a oposição entre duas coisas. Por exemplo: COVID e FOLIA. Tudo a ver!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: