Curto e grosso

O senador pela Bahia Jaques Wagner, uma das pilastras do PT nacional, ao comentar a baixa performance do partido dos Trabalhadores em todo o país, agravado ainda mais no domingo de derrotas nas cidades em segundo turno, proferiu uma frase reveladora e que dispensa reflexões, pois taxativa: “sou amigo-irmão do Lula, mas não vou ficar refém dele a vida inteira”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: