O Brasil de 24 horas

O país é a própria contradição, habitada por 210 milhões de infelizes brasileiros. E a justiça nacional contribui intensamente para isso. Dez entre dez pessoas – da mais humilde à mais poderosa – criticam as Cortes pela morosidade de julgar, e pela agilidade de soltar… O caso mais recente envolvendo o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella – investigado, preso, e solto – em tempo recorde, reforça o descrédito geral. Por isso, cada vez mais se descobrem desvios em todos os setores públicos do país. Dói pouco para os implicados, e quando descobertos, vale o risco de viver em “prisões domiciliares”. Rico e confortável!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: