Um pesadelo sem fim

A que ponto chegamos! Barrados na Argentina. Esnobados pelos “hermanos”. Considerados um bando de “sem-vacinas” pelos nossos vizinhos. A Argentina faz parte do invejado grupo de 47 países que estão, neste momento, vacinando suas populações. Gestões de líderes democráticos ou de ditadores. Governos de nações poderosas como a Arábia Saudita, ou pouco conhecidas como a Letônia. Todas elas, contudo, têm algo em comum: chefes de governo responsáveis com sua gente, e entendedores que quaisquer que sejam os caprichos ou embates políticos existe um limite que é intransponível. Principalmente quando se trata da maior e mais perigosa pandemia do mundo moderno. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: