Ataque de Bolsonaro contra Dilma vai para o STF

Vários militantes da esquerda que foram torturados e algumas entidades entraram no STF contra as declarações do presidente Jair Bolsonaro atingindo de maneira sórdida e cruel a ex-presidente Dilma Rousseff. O fato se agrava porque já foi divulgado em vários países da Europa, inclusive dentro dos Estados Unidos. Bolsonaro já estava com a imagem arranhada por causa da Covid, volta agora ao noticiário como admirador de torturadores da ditadura no Brasil. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: