Bolsonaro recua

Bolsonaro já não está com a vela içada na campanha de Arthur Lira. Já foi avisado de que, hoje, o candidato emedebista ganha facilmente. Para se ter uma ideia, Isnaldo Bulhões do MDB de Alagoas, vai assumir a liderança do partido na Câmara dos Deputados a partir de 2 de fevereiro e já integra o comitê que está comandando a operação de Baleia Rossi. Bolsonaro vai ter que gastar muito dinheiro, liberar muitas emendas e oferecer muitos cargos. Mesmo assim, ele não é líder. Ele quer impor uma liderança que jamais conseguirá.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: