Bolsonarices perigosas

No governo de “gestão miudinha” de Jair Bolsonaro, tudo está dando errado. Esnobou a vacina da Pfizer usada em dezenas de países, criticou Maduro e agora usa oxigênio e médicos da Venezuela, não ligou para avisos da falta de oxigênio em Manaus e escandaliza  o mundo com alas de pacientes sufocados e dizimados pela falta de ar, fez pouco caso da vacina Coronovac e agora briga para se apossar dela, levou um ‘passa-fora’ e ‘espere a sua vez’ do governo indiano no seu sonho de vacina, vê a Argentina administrar muito bem a crise da Covid e iniciar a vacinação na frente, apostou errado em Trump e agora leva chá de cadeira com Biden. Impelido pela pressão de tudo que é lado, imbuiu seu general ajudante-de-ordens a fazer um “catadinho” de vacina, com um balaio nas mãos, cercando fabricantes do imunizante aqui e no exterior. Nem a aquisição de agulhas e seringas conseguiu resolver sem impasses e medidas de força. Um “cabo e dois soldados” se sairiam melhor no combate à Covid do que esse capitão e seus onze generais.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: