Poderes contaminados

A imprensa, conhecida como o “Quarto Poder”, é a única frente unida contra os desvarios e graves erros deste governo Bolsonaro insensível ao cruel episódio da COVID-19 no país. O poder Legislativo pouco fez nesses dez meses de pandemia com relação à gestão do governo. Nunca deu testa aos desatinos e negacionismo exacerbado do capitão-presidente. Agora, parlamentares negociam com parlamentares ávidos por compor suas mesas diretoras, como se outras realidades muito mais importantes ao país e a sociedade não existissem. O Poder Judiciário divide-se em vários rumos dissonantes, efeito direto da cisão interna dos atuais juízes do STF e suas togas desbotadas. O Conselho Federal de Medicina, considerado a reserva ética e moral da saúde do país até aqui, esteve surpreendentemente omisso assistindo as derrapadas éticas e morais envolvendo o Ministério da Saúde. O país afunda no buraco mortal da pandemia. Aos olhos do mundo nunca parecemos tanto uma “República das Bananas” como agora.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: