Equipe palaciana pede mais uma vez para Bolsonaro se calar

Assessores presidenciais voltaram a pedir, ontem, que o presidente da República não responda aos ataques da imprensa internacional, muito menos da nacional. Ele está perdendo terreno e os seus militantes podem agravar a situação no dia primeiro quando terão eleições na Câmara e no Senado. Eles prometem uma marcha contra o Congresso Nacional se, antes, os caminhoneiros não fizerem uma greve nacional. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: