Neto coloca o DEM na UTI

O presidente do DEM, ACM Neto, está com um problemaço para resolver: A bancada rachou de vez, e nesse sentido vai se enfraquecer. Ao apostar em Bolsonaro, se o governo ruir mais à frente, voltará aos tempos de Fernando Collor, em que apostou no governo e só se recuperou quando surgiu Fernando Henrique Cardoso precisando do lastro para aprovar o plano real. A diferença é que em 1993, no governo Itamar Franco, o PFL, hoje DEM, tinha uma bancada de mais de 100 deputados, hoje tem 1/4 dessa força e ficará menor se não juntar os cacos da disputa à presidência da Câmara.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: