De primeira I: O pernambucano que faz política na Bahia ganha o MEC

João Roma, do Partido Republicano, nascido em Pernambuco, mas chegou a Brasília pelas mãos de Marco Maciel, fez carreira do PFL e mais tarde DEM. Aí foi trabalhar no gabinete do então deputado federal ACM Neto. Com ele continuou até Neto ser eleito prefeito de Salvador. Foi levado para a capital baiana como auxiliar de Neto até chegar ao quadro de deputado federal. Sempre salientou Neto que João Roma era seu melhor quadro político, diferentemente dos seus deputados do DEM que não têm a capacidade do pernambucano. Em Brasília, como deputado federal, Roma se aproximou do presidente Jair Bolsonaro e a sua escolha para o MEC foi avalizada pelo presidente nacional do DEM, ACM Neto. Foi o pagamento de uma traição dupla, afinal Neto traiu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia do DEM, e o presidente nacional do MDB, o deputado Baleia Rossi. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: