Lá e cá

Duas datas e duas realidades diferentes. O governo brasileiro regozija-se em informar que poderá disponibilizar 230 milhões de doses de vacinas em julho, após ser pressionado pelos governadores aflitos pela interrupção da mal gerida campanha nacional de vacinação até aqui. Os EUA – de Trump e agora Biden – anunciam que seus 328 milhões de habitantes já estarão vacinados, naquele mês, mesmo que em primeira dose. No Brasil, se tivermos mesmo essa quantidade de vacinas, em julho, já teremos muito mais que os 240 mil mortos pela COVID-19. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: