Kalil paga preço pelo sucesso (II)

Não é só o governador mineiro que ataca Kalil em detrimento às necessidades humanitárias da população de BH. O aparelhamento dos mais de 200 postos de saúde da capital nas gestões anteriores do PT imprimem um ritmo muito lento nas vacinações do Covid quando tem vacina disponível, desempenho esse inferior ao de outras campanhas de vacinação.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: