Auxílio emergencial não recupera imagem de Bolsonaro

O Senado aprovou, ontem, o auxílio emergencial e agora vai para a Câmara. Há um consenso em Brasília de que não tem auxílio emergencial, não tem Centrão que segure Jair Bolsonaro. O filho dele, Flávio, voltou a se complicar e anunciou a compra de uma mansão no Lago Sul e pagou de entrada pouco mais de 1 milhão de reais, mesmo em parcelas como acontecia com as rachadinhas. O presidente afunda a cada dia. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: