A voz de Portugal reafirma que Bolsonaro é um genocida

Miguel de Sousa Tavares, escritor e jornalista mais famoso de Portugal, num pronunciamento eloquente na rede de TV portuguesa chamou Jair Bolsonaro de: “fantoche, ignorante, cruel, que revela o seu desprezo pela vida humana e repetiu frases que são usadas por um genocida”. Este episódio na última semana teve uma grande repercussão em Portugal e é aconselhável o presidente Jair Bolsonaro não colocar os pés naquele país. Miguel de Souza Tavares é considerado a voz mais respeitada de Portugal e até hoje o seu comentário repercute não só naquele país como também em toda a Europa. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: