Das mágoas, às vezes surgem verdades

Uma única vez em sua breve vida política, o ex-prefeito e atual presidente do DEM, ACM Neto, perdeu as estribeiras. Chamou, em discurso, o presidente Lula para a briga, mesmo que em performance mais midiática do que pra valer. De lá pra cá, Neto tem sido ternurinha no trato com adversários políticos. E de onde menos se esperava – já que antes eram amigos para sempre – surgiu o traído deputado Rodrigo Maia que assim descreve o traidor. Pergunta do jornal Estadão a Maia: 

– ACM Neto fala que Mandetta pode ser candidato do DEM em 2022. É possível ou não contar com o DEM nessa articulação?

– Resposta de Rodrigo Maia “O senador Antonio Carlos Magalhães, diferente do neto dele, dizia que deputado a gente não empresta. O Neto resolveu emprestar os deputados dele, entregar a base dele para o bolsonarismo. Eu acho muito difícil acreditar nele, por mais que, de forma desesperada, agora ele esteja tentando criar no Mandetta um candidato. Não pelo Mandetta, que é um candidato forte e que nos estimula nesse processo político. Mas o Neto acabou entregando a base dele, por um acordo menor, ao bolsonarismo”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: