A imprensa na sucessão presidencial

Bolsonaro já sabe que não tem o apoio dos grupos Globo, Folha de São Paulo e Estado de São Paulo, que têm os três jornais mais fortes do país e a força da TV Globo, que sozinha tem o dobro de audiência do SBT, Bandeirantes, Record e CNN, que estão apoiando Bolsonaro. A luta vai ser extraordinária, já que um levantamento está sendo feito para provar o quanto o governo Bolsonaro está despejando dinheiro com os grupos que o apoiam. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: