Me chama que eu vou

Comprovando o ensinamento de que as melhores oportunidades surgem nas crises, desde ontem a plataforma de delivery Rappi tem disponível R$ 100 milhões para emprestar a restaurantes, neste ano, além de diminuir o tempo de repasse das vendas para os associados para até sete dias pelos próximos quatro meses. Antes da pandemia eram 30 dias. A startup colombiana quer incentivar a entrada de novos estabelecimentos, tentando superar a concorrente, IFood. Vai oferecer a isenção de taxas por 90 dias para novos estabelecimentos que se cadastrarem no aplicativo, enquanto que do lado dos consumidores disponibilizará seu serviço premium por assinatura do serviço, de forma gratuita durante 30 dias, além de frete grátis nos pedidos e descontos na plataforma. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: