Compra quem quer

O governo brasileiro vai comprar mais 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer por US$12 a unidade (total de R$6,6 bilhões). No fim de 2020, Jair Bolsonaro tinha outra postura em relação à empresa Pfizer, acusada por ele de incluir cláusulas “leoninas” na proposta que apresentava, travando a negociação e perdendo o lugar na fila para adquirir 70 milhões de doses (e que hoje nos faz muita falta). Bolsonaro gabava-se de que o Brasil tinha que ser procurado pelos laboratórios, e que dispondo da população que possuía tinha que ser paparicado pelos fornecedores de vacinas e insumos médicos. Um tolo! Hoje, o capitão tem que “comer na mão” dos fabricantes de vacinas sejam eles americanos, russos ou chineses…

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: