Um crime bárbaro na Bahia revela a face de um empresário milionário

O empresário baiano Teobaldo Costa é acusado das mortes de dois rapazes que roubaram quilos de carne em um dos seus supermercados de sua vasta rede chamada Atakarejo. Para “segurança” de sua rede, ele tinha sob controle uma rede de traficantes da Bahia. Foi através dela que os dois jovens foram presos em uma de suas lojas, e acusados de furto de quilos de carne. Foram levados para uma rede de traficantes, mortos e depois queimados no veículo. O episódio noticiado em todo o Brasil revela que um clamor jurídico acontece, e todos querem punição para Teobaldo pela perversidade e pelas ligações com o narcotráfico da Bahia. A Secretaria da Segurança Pública, o Ministério Público Federal e a Justiça devem punir com rigor não só os autores materiais como e principalmente o autor intelectual Teobaldo Costa. É isso que a sociedade reclama.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: