Léo Pinheiro da OAS tem um genro ingrato: Pedro Guimarães

Ontem, em solenidade no interior do Mato Grosso do Sul, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foi violento com o pai da sua mulher, Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS. No discurso ele afirmou que duas empresas roubaram 30 bilhões da Caixa numa clara referência à OAS e à Odebrecht. Como se vê, o poder muda a cabeça das pessoas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: