Política brasileira enlutada

Morreu ontem, aos 41 anos, o prefeito de São Paulo Bruno Covas. Tucano moderado, neto do ex-governador Mário Covas, Bruno foi presidente nacional da ala jovem do PSDB, ‘Juventude Tucana’. Uma promessa jovem e digna na política brasileira. Foi deputado estadual por dois mandatos, deputado federal por dois anos e tornou-se vice-prefeito de São Paulo em 2015. Em 2018 assumiu a prefeitura de uma das maiores cidades do mundo e maior da América do Sul, quando João Doria lançou-se ao governo do estado. Foi reeleito em 2020, já tratando de um câncer digestivo agressivo que o acometia. Bruno deixa órfãos Tomás Covas, seu único filho de 15 anos, e uma legião de brasileiros, cansados de raposas políticas bandidas, velhas e corruptas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: