Para agradar a Bolsonaro, Aras ataca o governo da Bahia

Ontem, o que causou revolta na CPI da Covid foi o comportamento do procurador-geral da República, o advogado baiano Augusto Aras, que para agradar ao presidente Jair Bolsonaro mandou a lista de vários governadores, todos opositores ao governo, que receberam recursos federais. Não faltou o governo da Bahia, já que Bolsonaro tem o governador Rui Costa como um dos seus principais inimigos. O lamentável é o comportamento do advogado baiano que sacrifica o estado onde nasceu em razão de um cargo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: