Até no campo diplomático Bolsonaro nomeia evangélicos com ficha policial

O ex-prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que tem uma série de processos, ganhou um prêmio do presidente Jair Bolsonaro. Foi nomeado embaixador do Brasil na África do Sul, mas ocorre que não pode assumir o cargo, já que tem passaporte apreendido pela Justiça, onde responde a uma série de processos de corrupção. O fato está revoltando o corpo diplomático do Itamaraty. Jamais um presidente da República, no passado, nomeou um réu para ser embaixador do Brasil em qualquer país. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: