Recomendação Sem Graça

Na Bahia, uma promotora do Ministério Público Estadual decidiu que é preciso colocar o pé no freio e reduzir o ritmo de investimentos do governo estadual na área da saúde. Para proteger o que entende como ameaça ao patrimônio urbanístico, a Dra. Cristina Graça recomendou a paralisação das obras de reforma de um hospital erguido em 1942 e que seria transformado num moderno centro de referência para doenças pulmonares. No entender da representante do Parquet baiano, para proteger as varandas estilo Art Déco, vale deixar a população a sofrer mais tempo sem um hospital de alta complexidade na área.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: