Declínio baiano

Enquanto a Record dá um show de audiência, com o apresentador José Eduardo, a Rede Bahia anda em baixa. Quando o assunto é jornal impresso, quem se encontra no fundo do poço, na lona mesmo, é o Correio da Bahia, gerido por parte da família Magalhães. Nesse impresso matutino, o comentário de bastidores é que supostos delatores, alguns até malucos, andam pagando pixuleco para obter notinhas ameaçadoras na outrora respeitada coluna Satélite. Coisa de jornalista júnior, amador e pena alugada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: