Inimigo do Nordeste

Apesar da procedência nordestina e do forte sotaque paraibano, o ministro da saúde Marcelo Queiroga não se empenhou nem um pouco para trazer a vacina russa Sputnik V para uso na região, consumando o pré-contrato de aquisição feito pelos governadores nordestinos há muitos meses. Graças a última sentença de Queiroga de que não haveria mais necessidade de ter o imunizante russo por aqui – pois outras marcas de vacinas tiveram mais apoio federal para a importação –, o governo daquele país suspendeu a primeira remessa do imunizante para o Brasil. Os gestores estaduais do Nordeste ainda não jogaram a toalha com a suspensão… mas, é quase nula a possibilidade de desembarque da vacina Sputnik V. Queiroga satisfaz os desejos de Jair Bolsonaro que nunca quis a vacina russa contratada pelos gestores nordestinos de oposição ao seu governo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: