A rede Record é denunciada mais uma vez

O subprocurador-geral do Tribunal de Contas da União, ministro Lucas Rocha Furtado, atendendo a pedido do Ministério Público Federal, quer saber por que o governo federal repassou para a rede Record R$3,1 milhões por mês ao instituto de recursos. A verba é destinada à preservação de digitalização do acervo da Record, que tem 55 anos, mas já saiu há algum tempo do Fundo Nacional da Cultura. É mais uma grave denúncia contra a emissora do bispo Edir Macedo que só faz ganhar dinheiro do governo federal, e vive eternamente pedindo aos seus seguidores recursos nos seus templos e pela TV. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: