Mesmo condenados, os irmãos Vieira Lima comandam o MDB da Bahia

Em Brasília, ninguém entende como os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima, condenados em última instância pelo STF, continuam no comando do MDB da Bahia. Geddel cumpre prisão domiciliar, mas vai voltar ao xadrez depois da pandemia. Lúcio agora vai ter que cumprir nove anos na penitenciária para onde deve voltar o irmão Geddel. A dupla, mesmo encarcerada, vai continuar comandando o MDB da Bahia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: