Contra a maré II

Na última reunião de governadores dos principais estados da federação por videoconferência, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO) surpreendeu a todos quando cobrou um posicionamento do grupo com relação à libertação de bandidos de alta periculosidade pelo Supremo. Zema cobrou também outro posicionamento com relação ao aumento absurdo do fundo eleitoral aprovado pelo Congresso Nacional, em meio a uma das piores crises da humanidade. Com a enorme repercussão das cobranças de Zema nas redes sociais, perdeu força a narrativa do grupo de governadores liderado por João Doria de que os maiores problemas do país residem apenas no Palácio da Alvorada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: