Lula continua o mesmo, saiu da Bahia sem contato com o povo

A exemplo do que aconteceu em todo o Nordeste, o ex-presidente Lula só participou de eventos internos. Não teve contato com a população nordestina como ocorria antigamente. Não conseguiu a totalidade do MDB. Apenas os envolvidos na Operação Lava Jato, como Eunício Guimarães e outros, o receberam. Na Bahia, nem mesmo os irmãos Vieira Lima, Geddel e Lúcio, condenados com prisões, estiveram com ele. A maior derrota na Bahia foi a ausência do vice-governador João Leão, que com o ato confirmou que é candidato ao governo da Bahia e não mais participa do bloco PT, PSD e PP. O lamentável de tudo é que Lula insiste em pecados capitais com frases cansativas e mentirosas como essa: “Quando você diz que o PT roubou, tem que nominar”. O próprio Lula, José Dirceu, Antônio Palocci e outros sofreram processos por corrupção. O presidente Bolsonaro e o ex-ministro Ciro Gomes não cansam de chamá-lo de “ladrão”. Lula sabe que perdeu as ruas, mas não imaginava que no Nordeste, e principalmente na Bahia, isso ia acontecer.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: