É inacreditável: o ex-presidente da CBF tinha jatinho particular, veículo, mordomias e ganhava R$350 mil por mês

Setores de deputados federais ligados ao esporte estão assustados com o salário do ex-presidente da CBF, Rogério Caboclo, que foi afastado definitivamente por tentativa de assédio sexual. Ele comprou um jatinho, tinha carros à sua disposição, mordomias gerais e recebia um salário mensal de R$350 mil. Vai pagar a conta. Pode esperar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: