Para salvar o futebol brasileiro, Futebol SA entra em campo

A sanção da lei da Sociedade Anônima de Futebol só aguarda que o Congresso derrube alguns vetos para que ela entre em vigor imediatamente. Os clubes brasileiros, à exceção de Atlético Mineiro, Flamengo e Palmeiras que estão dominando com facilidade os gramados da América do Sul, podem ser salvos com essa medida. Embora não seja mandatória, se quiserem, os clubes podem continuar sendo entidades sem fins lucrativos, ela traz diversos benefícios como entrada de recursos financeiros vindos de novos sócios, a abertura de capital na bolsa e a possibilidade de renegociação de dívida como se a instituição fizesse o pedido de recuperação judicial. Ou seja, os clubes serão, enfim, empresas privadas. No Brasil, Cruzeiro e Internacional têm demonstrado maior disposição para aderir ao projeto que exigirá mudança no coração das agremiações, estruturas arcaicas e amadoras na gestão não serão mais toleradas. De todo modo, a SAF trará mais equilíbrio e poderá salvar o futebol brasileiro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: