Um baiano de talento, Zulu Araújo empolga a Comissão de Diretos Humanos do Congresso Nacional

A Comissão de Direitos Humanos do Congresso Nacional acaba de ouvir, numa sessão histórica, os preparativos para a recuperação da Fundação Palmares quando Jair Bolsonaro deixar a presidência da República. O senador Paulo Paim, que preside a comissão, destacou ontem que o baiano e mestre Zulu Araújo e o cantor, compositor e historiador Martinho da Vila enriquecem com seus talentos a comissão. Aplausos para a Bahia e o Rio de Janeiro. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: