Mitomaníaco

E os fãs de Bolsonaro tiveram a sensibilidade de traduzi-lo como nenhum especialista, mesmo antes de conhecê-lo no exercício do poder. Ao chamá-lo de “Mito”, como elogio, foram atraídos pela personalidade irracional do ídolo. “Mito”, as primeiras sílabas de uma patologia, que hoje sabemos que é lugar de conforto do presidente: o mundo das fake news, e a naturalidade de mentir e desmentir, sem o menor constrangimento. Para especialistas, Bolsonaro pode sofrer de “mitomania”, a doença da mentira patológica. As causas para quem mente compulsivamente têm ligações com fatores psicoemocionais como medo, insegurança e frustração.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: