Seguradoras de lanchas de luxo não querem saber da Baía de Todos os Santos

Já não é tão fácil como antes um proprietário de lancha de luxo em Salvador conseguir a proteção de uma seguradora. Os mares baianos são pródigos em incêndios de lanchas de luxo, fato que há muito vinha chamando atenção das seguradoras. Na Justiça baiana corre um fato interessante: Nelson Taboada vendeu a sua lancha por R$14 milhões em um dia a Alexandre Cunha Guedes Filho. No outro dia da entrega, a lancha pegou fogo. Nesta história nem comprador muito menos o vendedor merece confiança. A Justiça da Bahia ainda não deu veredito, mas qualquer que seja, a seguradora vai contestar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: