A Bahia e o Brasil ainda choram a morte do italiano mais baiano que fundou um projeto dos mais extraordinários no país

O projeto que o italiano que morreu esta semana aos 83 anos em Salvador, Bahia, criou tirou das ruas de Salvador mais de 30 mil crianças, alfabetizando-as e dando-lhes uma profissão. Cesare La Rocca foi o autor desse grande projeto e se tornou uma figura lendária com todos os méritos, não só na capital baiana como em todo o Brasil, pelo seu exemplo. Um dos seus melhores amigos e confidentes era o bem-sucedido empresário baiano Carlos Suarez, que sempre colaborou com sua obra social e educativa. Cesare foi o italiano mais baiano que o Brasil conheceu. Uma perda irreparável.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: